4 de febrero, 2020

Democracia em colapso?

Em um momento em que a polarização política dita boa parte dos debates atuais na sociedade brasileira, cerca de 50 convidados nacionais e internacionais promoveram um amplo debate sobre as origens e as diferentes perspectivas históricas, políticas e sociais que perpassam o conceito de democracia.

O SESC São Paulo e a Boitempo realizaram em parceria, entre os dias 15 e 19 de outubro de 2019, no Teatro Paulo Autran do SESC Pinheiros, em São Paulo, o Seminário Internacional “Democracia em colapso?” A programação contou com um curso, debates, conferências e com o lançamento de livros, além da edição número 33 da revista Margem Esquerdo, publicação semestral da Boitempo.


Limites da democracia no Brasil
VLADIMIR SAFATLE, LAURA CARVALHO E RICARDO ANTUNES


Apoio: Fundação Rosa Luxemburgo, Fundação Maurício Grabois e CLACSO

Promoção: Folha de São Paulo, Marie Claire Brasil, Carta Capital, Revista Quatro Cinco Um e Rede Brasil Atual



Curso: A democracia pode ser assim – História, formas e possibilidades.

Marilena Chaui, Antonio Carlos Mazzeo, Virgínia Fontes e Luis Felipe Miguel abordaram de forma didática os sentidos do conceito de democracia a partir de diferentes perspectivas. Indo além, ao relacioná-lo com questões históricas, sociais e com formas de organização política, este curso visou apresentar um arcabouço introdutório que prometeu balizar as reflexões e discussões da programação de debates do seminário “Democracia em colapso» e ofereceu ferramentas de interpretação e intervenção social.



Seminário internacional. Convidados internacionais: Ângela Davis, Michael Löwy, Patrícia Hill Collins, Silvia Federici

Ângela Davis: A liberdade é uma luta constante. Gravação integral da conferência «A liberdade é uma luta constante» que reuniu 15 mil pessoas no gramado externo do Auditório Ibirapuera, em São Paulo. O evento teve comentários de Raquel Barreto e Bianca Santana e mediação de Christiane Gomes (Fundação Rosa Luxemburgo). A tradução consecutiva é de Raquel Luciana de Souza.


Mulher, negra, feminista, marxista, intelectual, ativista. No início dos anos 1970, Ângela Davis era tudo que o establishment estadunidense mais temia. Com firmeza, enfrentou uma dura e insidiosa perseguição: chegou a ser incluída na lista das pessoas mais procuradas pelo FBI. Aos 28 anos, escreveu esta poderosa autobiografia que a Boitempo publica pela primeira vez no Brasil, para narrar sua vida desde a infância até o ingresso na carreira universitária e o engajamento contra as opressões de raça, gênero e classe. Mais que um relato da juventude de um ícone da história contemporânea, este livro entrelaça lutas sociais e trajetória individual para provocar uma reflexão sobre o caráter estruturalmente violento do sistema carcerário, do machismo e do racismo, em libelo pelo direito à dignidade e à emancipação.



Henrique Vieira: A disputa política do movimento evangélico. Trechos da participação do pastor Henrique Vieira no debate que foi amplamente considerado o mais quente e fértil de todo o Seminário Internacional «Democracia em colapso?». Com Amanda Palha, Flávia Biroli e Henrique Vieira, ele marcou o lançamento da edição especial da revista Margem Esquerda dedicada a enfrentar as articulações e tensões produtivas entre marxismo e lutas LGBT, para além da querela da «cortina de fumaça». A mediação foi de Andrea Dipp.


REINVENTAR OS SINDICATOS
Ricardo Antunes


Angela Davis fala sobre sua autobiografia e Toni Morrison


ANGELA DAVIS
A liberdade é uma luta constante [LEGENDADO]


A DEMOCRACIA ESTÁ EM COLAPSO?
Jones Manoel


O NECROESTADO BRASILEIRO
Vladimir Safatle


BOLSONARO E A POLÍTICA NOS EXTREMOS
Vladimir Safatle


A agenda econômica de Bolsonaro e Guedes
LAURA CARVALHO


DEMOCRACIA E GENOCÍDIO DO POVO NEGRO E INDÍGENA
Thula Pires


QUEM É O JUDICIÁRIO BRASILEIRO?
Alysson Mascaro


A judicialização da política (e vice versa)
ALYSSON MASCARO, THULA PIRES e LUIZ EDUARDO SOARES


FAMÍLIA, RELIGIÃO E POLÍTICA
Amanda Palha, Flávia Biroli e Henrique Vieira


Comunicação e hegemonia cultural
Christian Dunker, Esther Solano e Ferréz


ECONOMIA PARA OS 99%
Leda Paulani, Ludmila Abílio e Eduardo Moreira


O movimento LGBT e o fim da família
AMANDA PALHA


A política da não-monogamia
AMANDA PALHA


Narrativas da periferia e trabalho de base
FERRÉZ


Programação completa:
https://democraciaemcolapso.wordpress.com/


Si desea recibir más noticias de CLACSO:

a nuestras listas de correo electrónico.